Categories

A sample text widget

Etiam pulvinar consectetur dolor sed malesuada. Ut convallis euismod dolor nec pretium. Nunc ut tristique massa.

Nam sodales mi vitae dolor ullamcorper et vulputate enim accumsan. Morbi orci magna, tincidunt vitae molestie nec, molestie at mi. Nulla nulla lorem, suscipit in posuere in, interdum non magna.

Astrologia – uma busca por excelência pessoal

Desde os primórdios da civilização humana o homem revela uma ardente busca pela harmonia e pela ordem. O estudo da astrologia, como conjunto de pensamento, tem sido o resultado desse esforço em compreender o caos das experiências de sua vida, relacionando-as com um padrão organizado e cíclico que ele descobre no céu. Este padrão é o sistema solar – o maior e mais harmonioso conjunto simbólico que se pode ver a olho nu.

Através de sua observação e de seu estudo, o homem aprende a compreender seus elementos constitutivos (os planetas), suas terrenos fundamentais (os signos), seus ritmos (os ciclos de cada planeta) e suas áreas de influências em sua vida (as casas). E, na medida em que compreende a Natureza, passa a compreender a si mesmo. A astrologia é, entre outros, uma técnica de conhecimento da natureza humana e o homem aprende através dela a identificar seu grau de consciência e seus ritmos através dos ritmos e dos padrões celestes.

Esse estudo é feito através do mapa astral ou carta astrológica natal, onde natal quer dizer de nascimento. Para confeccioná-lo, são necessárias as informações do dia, local e hora exata do nascimento  do indivíduo em questão. Hoje em dia é o computador que calcula e desenha o mapa. Ler e interpretar o mapa natal de alguém é conhecer as características de sua alma.

A astrologia trabalha com duas leis fundamentais: a lei da sincronicidade e a de analogia. A primeira nos diz que um indivíduo nasceu num determinado momento e lugar e não em outro. Portanto o ceú daquele momento é o céu que lhe pertence. Ou ainda, que por ter vindo ao mundo num determinado momento cósmico e, se eu estiver “lendo” esse momento, estarei lendo o projeto de vida que aquele indivíduo fez.

A lei de analogia nos revela que através da história pôde-se aferir que os planetas, signos e casas têm significados específicos, aos quais chamamos regência e, que se eu “estiver lendo” os planetas, símbolos e casas do mapa de um indivíduo, estarei lendo as características de sua alma. A astrologia é, portanto, o estudo do paralelismo entre a cronometragem de eventos no céu e na consciência humana.

Como sistema de pensamento, a astrologia tem várias aplicações. Mas é como ferramenta de auto-conhecimento, ela atinge um altíssimo grau de eficiência. Como técnica de compreensão de um ser humano, suas características e ciclos, talentos e projetos, dificuldades e desafios,  é que a astrologia vem ajudando os seres humanos a se conhecerem e traçarem seus caminhos em busca de uma excelência pessoal.

No mundo de hoje, o auto-conhecimento é fundamental para atingir independência, autonomia e consequentemente, sucesso. É o que todos buscamos, a nossa excelência pessoal. Saber cada vez mais quando e como poderemos “chutar no gol”. E acertar! Compreendendo nossas características e ciclos, podemos utilizá-los para obtenção de resultados práticos seja de ordem pessoal, profissional, material, emocional ou espiritual.

A astrologia ainda se presta para fazer diagnóstico médico e psicológico, estudo de relacionamento, orientação vocacional, tendências sociais, planejamento empresarial, recrutamento e seleção de profissionais, análises políticas e econômicas e, ainda, para a escolha de datas propícias para o nascimento de eventos.

Ciça Bueno

Comments are closed.