Dicas da Dra Juíza de Direito SILVIA MEIRELLES

No Direito, o conteúdo humanístico do curso é enorme e abre muitas possibilidades de carreira jurídica, desde a própria advocacia, que pode ser em diversos ramos: civil, trabalhista, criminal, tributário, contratual, internacional, etc. A pessoa também pode prestar diversos concursos públicos, tais como:…


 

Defensor Público – que defende a população carente em geral, que não pode pagar por um advogado que os defenda. Há cargos nas esferas Federal e Estadual.

Promotor de Justiça – concurso estadual – defende a sociedade como um todo, tanto na área criminal, como na área cível nos casos de improbidade administrativa de nossos governantes, como na defesa dos direitos dos consumidores.

Procurador de Justiça – é o nível mais elevado a que chega um promotor de carreira.

Juiz de Direito

Desembargador – cargo mais elevado de juiz no âmbito estadual.

Ministro do SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA – cargo a que o Desembargador pode galgar e que fica no âmbito federal.

Procurador do Estado ou do Município – são advogados concursados que defendem o Estado ou o Município.

Procurador de Assembléia Legislativa – advogados concursados que defendem as causas que envolvem o Poder Legislativo Estadual.

Além disso, podem ocupar, por indicação politica, os cargos de Ministro do STF e de juiz do Tribunal de Impostos e Taxas, do Tribunal de Contas do Estado ou do tribunal de Contas do Município.

Como vemos, cursar Direito e abraçar a profissão de advogado possibilita uma gama enorme de ocupações. Justo por isso é uma das opções mais escolhidas de todos os tempos!

Boa sorte!!!

Entrevistas